Olhos de cão – II

Domingo, o elevado não abre. Para os carros, digo. Que é para os carros que se fazem os elevados.

Domingo então há gente por lá, correndo, andando, se divertindo. A falta de espaços públicos faz com que seja o viaduto um. Aos domingos, apenas. E feriados.

Há muitos cães no viaduto nesses dias. Justo então que eu levasse a Preta até lá, todo domingo.

Neste último, havia jogo na televisão, como todo domingo. Mas esse era o último do ano, e importante. Faltando algumas horas, para conter a ansiedade, resolvi. Preta, em êxtase, chorou de felicidade enquanto vestia a guia. Como sempre.

Ameaçava chover, de fato já chuviscava. Mas o calor era muito, então era até bom. O céu, carregado. Preto como a Preta.

Chegamos ao viaduto e estava deserto. As pessoas tem medo da chuva. As pessoas tem medo de quase tudo.

Preta não. Soltei-a da coleira, e lá se foi na habitual correria desenfreada e contente de sempre. Ia e voltava, como sempre. Como sempre, era cachorra. De uma alegria que, só cachorro.

No meio do viaduto, Preta e eu, apenas. E a chuva, agora um tanto mais forte. Preta não ligava, corria, cheirava, urinava. Vez ou outra sacodia o corpo, que é pra se livrar do peso da água. Água pesa. Limpa, e pesa.

De repente então o trovão. E a chuva, agora sim, chuva. Não apertei o passo, pelo contrário: continuei arrastando o chinelo sobre o asfalto, Preta à frente, correndo e me buscando a cada cinco metros.

Chuva, mais. Forte. Temporalzinho, daqueles de verão. Começava a incomodar um pouco, ao mesmo tempo que refrescava. Preta, desacostumada, voltou até mim. Caminhando ao meu lado, orelhas baixas, fitou-me, como quem perguntasse “e agora?”.

Me olhava, a Preta, e balançava o rabo. Procurando abrigo. Em mim.

Nunca na vida vi tanta cumplicidade num olhar.

– Vamos, menina, que a chuva só é chuva até que termine.

E descemos calmamente o viaduto, Preta e eu, encharcados de uma ternura molhada de cachorro que não há gesto humano capaz de imitar – ou compreender.

Anúncios

2 Respostas para “Olhos de cão – II

  1. Pingback: Antes da chuva | kadj oman

  2. Pingback: Aniversários* | kadj oman

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s